13 janeiro 2005

Versão moderna da Fábula da Cigarra e da Formiga

« Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra, muito amigas.
Durante todo o outono, a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o periodo de inverno. Não aproveitou nada do sol, da brisa suave do fim da tarde e nem do convívio com os amigos
no fim do trabalho.
O seu nome era "trabalho" e o seu apelido "sempre". Enquanto isso, a cigarra so queria cantar nos grupos de amigos e nos bares da cidade; não desperdiçou um minuto sequer, cantou e dançou durante todo o outono, aproveitou o sol, curtiu a valer sem se preocupar com o inverno que estava para chegar.
Então, passados alguns dias, começou a fazer frio. Era o inverno que estava a começar. A formiguinha, exausta de tanto trabalho, entrou para a sua singela e aconchegante toca repleta de comida. Mas alguém chamou o seu nome do lado de fora da toca. Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpreendida com o que viu. A sua amiga cigarra estava ao volante de um Ferrari com um aconchegante casaco de vison. E a cigarra disse para a formiguinha: Olá amiga, vou passar o inverno a Paris. Será que tu poderias cuidar da minha toca?
E a formiguinha respondeu: Claro, sem problemas ! Mas o que te aconteceu? Como é que conseguiste dinheiro para ir a Paris e comprar esse Ferrari?
E a cigarra respondeu: Imagina tu que eu estava a cantar num bar, na semana passada e um produtor gostou da minha voz. Fechei um contrato de seis meses para fazer shows em Paris... A propósito, a minha amiga deseja algo de lá ?
Respondeu a formiguinha: Desejo sim. Se tu encontrares por lá um tal La Fontaine (autor da fábula original), manda-o ir para a Puta que o Pariu....!!!!!
- Moral da História: "Aproveita a vida, sabendo dosear o trabalho e o lazer, pois o trabalho em demasia só traz benefícios nas fábulas do La Fontaine e ao teu patrão. »

(Autor/a desconhecido/a)



8 comentários:

Fabi disse...

O segredo é descobrir esse limiar entre a formiga e a cigarra. O dia que descobrir... tb ficarei rica, de R$$$, pq de espírito... já me considero milhonária!!!! :)

Lana disse...

looooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooool epa pk é k n me leram destas histórias quando eu era pekena??? tss tss :P

TMara disse...

`´E isso Fabi:) Descobrir esse difícil equilíbrio, mas afinal o k importa tu já tens , não é? Bjs e ;)

TMara disse...

Lanita, o k está feito, feito está, mas podes guardá-la para contar aos teus filhos, qnd a alatura chegar...Lol**Bjs e ;)

Seila disse...

YES!!!!!!!!!!!na tenhas dúvidas!!! eu não tenho!!! ( o meu amigo tá nos liks como TF) Abraço!

TMara disse...

seila - nam tenho nam senhora!!!! Por isso achei graça e coloquei o texto. N/ achei o teu amigo. Já n/ sei mas o nome k me deste começava por "B". Bjs e ;)

Blue C. disse...

TMara, não tive tempo para ler, mas passei só para dizer que dei o teu abraço à tua filhota. Ela é espectacular. Gostei imenso e vou lá voltar. Logo que tenha um tempinho, vou por um post sobre isso. Beijinho grande (já deves estar a babar)

TMara disse...

Blue:) obrigada pelas gentis palavras sobre a minha filhot'Ana. Eu sei k é, mas olhar de mãe é...olhar de mãe. Sabe sempre bem ouvir dizer por outros. Ela disse k lhe deste "O" abraço. Obrigada. Beijos carinhosos e muitos sorrisos para encherem os teus dias.;)