03 novembro 2004

O INCONSOLÁVEL DIA

Cry
FOI SOL DE POUCA DURA(a esperança!)
Black Cloud Rain Cloud
O DIA CHORA, INCONSOLÁVEL!
As estimativas, quase resultados, dão a vitória a G.W. Bush.
O SENHOR da guerra, dos armamentos e das armas domésticas que tantos mortos provocam e colocam os E.U.A.N. no ranking da violência in-door e out-door.
O homem que rompeu o acordo de Quioto (controlo dos efeitos poluentes para protecção do meio-ambiente. Leia-se MUNDO Earth) e assim pretende manter-se.
Palavras....? Leva-as o vento. Espero que as que aqui deixo cheguem a ouvidos que as ouçam Ear






4 comentários:

David Reis disse...

Oláh Oláh! Pois é, é a primeira vez que posto um comentário por aqui. Gosto muito do teu blog! Bem como o Kyo Dake Wa ( da tua filha).Meu nome é David, tenho 20 anos e sou da Amadora(Lisboa).
Quanto ao teu post: não podemos fazer grande coisa senão esperar para ver. Acho que chegou a um ponto que só se engana quem quer. O povo americano é muito orgulhoso, gosta de se sentir superior aos outros, e nada melhor que a guerra para o alter-ego dessa gente. Enfim...
Eu não gosto muito de política, há coisas bem melhores para pensar do que em governantes que vivem à nossa custa e só fazem porcaria... e estragam tudo o que de bom o Mundo lhes dá!
Já se devem ter esquecido das atrocidades no início do século passado com as grandes guerras Mundiais que mataram milhões de inocentes... é isso o que a politica e a religião podem fazer! Ou não...

TMara disse...

Olá ;) David, foi bom visitares o meu blog. Se passaste os olhos pelos diversos textos viste k me preocupo com a política (mas tmb escrevo poesia e textos literários). Penso k n/ há como escapar-lhe. Enquanto cidadãos é um direito e uma obrigação, pois somos nós quem sofre as consequências dos actos tresloucados dos k, através do voto (infelizmente há smp quem vote neles),tomam e usam o poder não p/ o verdadeiro progresso, mas para usarem e abusarem do poder sobre todos os k podem.Neste sentido a política deveria ser qq coisa smp presente naas nossas vidas. É neste k está na minha.Se n/ te interessa mtº apolítica encontrar´´as smp, por aqui, outro tipo de textos. Volta smp.@',)Bj

David Reis disse...

ok, percebo a tua perspectiva. Contudo, neste caso, só cai quem quer, e se não me engano, são muitos os que caem de 4 em 4 anos, porque são sempre os mesmo eleitos. Bem isto é uma forma de análise incorrecta, e quando dizes que somos cidadãos e temos normas a cumprir e uma delas é a de voto, concordo plenamente contigo. Por conseguinte, quem vota tem de perceber um pouco de política. Até aí estamos de acordo, mas eu sentir-me-ia um pouco mal se votasse sempre nos mesmos, apesar de não ver nada de novo, nada de evolutivo. talvez me sinta um pouco revoltado, por fazer parte de uma sociedade que não percebe que as campanhas não passam de pura "propaganda", que nunca desvaneceu, e há de ser sempre um ponto fraco nesta "democracia".
Eu prefiro pensar que aprendo muito mais com o belo lirismo que postas aqui, do que com a política(que todos nós conhecemos).
Há que ter fé em algo que não descobri ainda muito...talvez ainda esteja para nascer a pessoa que mudará o mundo, um novo Dalai Lama! =^_^=

Podes contar comigo, gosto muito do teu blog. =~_^=

TMara disse...

=^= @';)olá David. Luz e paz. Obrigada pelo comentário dialogante. Esta(s) democracia(s) estão como estão, o k as n/ desculpabiliza, nem a nós cidadãos, o k quer dizer k está mal (a n/) -podre, será + exacto. Pelo menos é esse o sentimento k nos passa e se desenvolve em nós ao vermos c/o as coisas rolam ou... descarrilam.
Tens tmb razão qnd dizes k acreditas em algo melhor e possível. Creio k está dentro de nós e devemos trabalhar esse lado.
Obrigada por me ires lendo e dizeres o k pensas.
Bj