29 dezembro 2004

Variações

1ª variaçãoaproxima-se o final de mais um ano e confesso que, até hoje e desde miúda, ainda não consegui perceber o alarido, o investimento e a enorme festa que as pessoas fazem no final de cada ano.
Parece-me um investimento em energia, gastos e exuberância, despropositado. O que festejam afinal?
Para mim o ano começa e acaba na mesma data, a data em que nasci e em que, em cada ano, renasço – simbolicamente de forma muito intensa e forte - para este milagre que é a vida.
Faz-me mais sentido festejar todos os dias o milagre da vida, a festa que é o estar viva, ainda que por vezes seja uma festa com lágrimas, nem sempre de alegria.
No entanto desde já aqui vos deixo os meus votos de uma óptima passagem de ano e de um 2005 pleno de concretizações, saúde e tudo o que for preciso a cada um/uma.
Por favor digam-me vocês o que é tão extraordinário no final de cada ano para merecer tão grandes festejos?
2ª variação – Fiquei muito sensibilizada, emocionada e feliz (por aí), com o facto de a minha filhot’Ana ter colocado no seu blog (
http://facilitareiki.blogs.sapo.pt)
a foto dela e das manas (as minhas três crias queridas) e referido a magia que ao longo da infância lhes proporcionei nos Natais.
Justo é que diga que a verdadeira magia são as três, agora quatro (com a Inês) cada uma por si e todas juntas e a beleza e magia que continuamente me trazem, por serem as maravilhosas pessoas que são.

10 comentários:

Lana disse...

ooohhh tanto miminhu cuxi cuxi :P hehe ****

TMara disse...

Lanita ;), o mimo é como o respeito: é bom, faz bem e todos gostamos. Bjs e ;))

Anónimo disse...

Bom, bom é ter o privilégio de visionar o blog com a "mãe"dele.Beijocas gordas

Miss Kafka disse...

A mim parece-me (e isto é uma mera hipótese) que é uma desculpa para festejar, ou ainda uma maneira de lidar com uma separação, com um fim. Nós, humanos, não lidamos muito bem com a morte, com o fim, seja ele qual for. Talvez daí a necessidade do grande alarido, como forma de esconder esse medo maior. Gostei muito deste lugar, que não conhecia. Feliz 2005!

TMara disse...

PetraUla, obrigada pelo coment. Lindo,... linda, linda, é a amizade. Bjs e ;))

TMara disse...

Miss Kafka, b'dia:) Talvez a tua "hipótese" acerte bem na mouche, pq n/ entendendo bem esta necessidade e alarido, lido bem (assim o creio mas só o saberei, em definitivo, na minha hora) com a morte, apesar da dor k smp acarreta.E lido no dia a dia. Tenho a vida e a morte smp presente, mas n/ como uma coisa negativa, dolorosa sim, mas n/ negativa. P/ mim é a outra face da vida e do crescimento . O k amorte tem de MUITO mau é o sofrimento k as doenças acarretam.
Bjs e ;)) e obrigada pelo teu coment.

Fabi disse...

Precisamos de mais pessoas vibrando assim. Tb não entendo pq tantos rituais. Mas já que as pessoas ainda precisam deles.. bem, que elas então os aproveite para algo de bom!!!
Bjos.

TMara disse...

Fabi, b' dia:) Concordo contigo. Vibração positiva é bem requerida.
Bjs e ;))

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it
»

Anónimo disse...

Very nice site! Buy klonopin at a low price free klonopin consultation 1959 alfa romeo spider veloce 1300 Free rpg horror games for mac os x Peugeot scooters usa tamiflu capsule Black sex fuck gallery Fill kit water bed And feeding breast valtrex usb adapters for barcode scanners Gondola car covers Venison soup recipe dutch oven diabetes lipitor foreign mexican precription for klonopin chula vista rent houses Rhinoplasty hump paintball gun silencers klonopin wafers 0.5 mg