06 dezembro 2004

COMO A VIDA NOS DÁ LIÇÕES! APRENDEMO-LAS?

«Paulo, com o rosto triste e cansado, encontrou-se com a sua amiga Carla num bar, para tomar um café.
Deprimido descarregou nela todas as suas preocupações... o trabalho... o dinheiro... a relação com a sua namorada... e a sua vocação... Parecia que tudo corria mal na sua vida. Carla meteu a mão na carteira e tirou uma nota de 50 EUROS e disse-lhe:

- Queres esta nota?
Paulo ao inicio um pouco atrapalhado, respondeu-lhe:
- Com certeza, Carla... são 50 EUROS, quem não os quer?
Então Carla pegou na nota numa das mãos, amarrotou-a, e fez dela uma pequena bolinha.
Depois mostrando-a ao Paulo toda amachucada, perguntou-lhe de novo:
- E agora, ainda a queres?
- Carla, não percebo aonde queres chegar com esta
brincadeira, a nota continua a ser de 50 EUROS. Com certeza que a não vou deitar fora, se tu ma deres.
Carla alisou a nota, deitou-a ao chão, espezinhou-a e, por fim, pegou nela suja e amarrotada.
- E agora continuas a querê-la? - perguntou.
- Escuta Carla, ainda não consegui perceber onde queres chegar, mas, embora ela esteja assim reduzida, continua a ser de 50 EUROS e, até que não a rasgues, conserva o seu valor...
- Paulo, deves saber que se por vezes alguma coisa não sai como tu queres,também se a vida te prega uma partida, continuas a ser tão importante, como antes... O que deves perguntar-te é quanto
vales realmente e não quanto podes ser abatido num momento particular.
Paulo ficou como que paralisado a olhar para a Carla, sem dizer uma palavra, enquanto a mensagem entrava profundamente na sua cabeça. Carla pousou a nota engelhada sobre a mesa, perto dele e, com um sorriso cúmplice disse:
- Pega nela e guarda-a, para que te lembres sempre deste momento, quando te sentires mal... Porém deves dar-me uma nota nova de 50 EUROS para eu a poder usar com o próximo amigo que precisar.
Beijou-o na face e afastou-se em direcção à porta.
Paulo voltou a olhar para a nota, sorriu, olhou-a e com uma energia nova, chamou o empregado para pagar a conta...
Quantas vezes duvidamos do nosso valor, do que realmente merecemos e que somos capazes de alcançar de nos comprometemos. Certo que não chega prometer... Requer-se acção e, para isto existem muitas estradas a seguir.
Agora reflecte bem e procura responder a estas perguntas:
1 - Nomeia as 5 pessoas mais ricas do mundo.
2 - Nomeia as 5 ultimas vencedoras do concurso Miss Universo.
3 - Nomeia 10 vencedores do prémio Nobel .
4 - Nomeia os 5 últimos vencedores do prémio Oscar, como melhores actores ou actrizes.
Como Vai? Mal é?
Não te preocupes. Ninguém de nós se lembra dos melhores de ontem. Os aplausos vão-se embora! Os trofeus ficam cheios de pó! Os vencedores esquecem-se!
Agora responde a estas perguntas:
1 - Nomeia 3 professores que te ajudaram na tua formação.

2 - Nomeia 3 amigos que te ajudaram nos momentos difíceis.
3 - Pensa em algumas pessoas que te fizeram sentir alguém especial.
4 - Nomeia 5 pessoas com quem transcorres o teu tempo.
Como vai? Melhor não é verdade?
As pessoas que marcam a tua vida não são as que têm as melhores credenciais, com mais dinheiro, ou os melhores prémios... São aquelas que se preocupam por ti, que cuidam de ti, aquelas que de algum modo estão contigo.
Reflecte um momento. A vida é muito curta!
Tu, em que lista estás? Não o sabes?... Permite-me dar-te uma ajuda... Não estás entre os famosos, mas estás entre aqueles que eu recordo para mandar esta mensagem.
Há alguns anos atrás, às Paraolimpíadas de Seattle, nove atletas, todos mentalmente ou fisicamente desabilitados estavam prontos na linha de partida dos 100 metros. Ao disparar da pistola, iniciaram a corrida, não todos correndo, mas todos com vontade de chegar e vencer. Enquanto corriam, um dos concorrentes caiu no asfalto, deu umas cambalhotas e começou a chorar.
Os outros ouviram-no chorar. Relentaram e olharam para trás.Pararam e voltaram atrás... Todos. Uma menina com a síndroma de Down sentou-se perto dele e começou a beija-lo e a dizer-lhe:
- Agora estás Melhor?
Então abraçaram-se todos e os nove caminharam em direcção à meta.
No estádio todos se levantaram e, aplaudiram durante vários
minutos.
As pessoas que estavam presentes continuam a contar esta história. Porquê? Porque dentro de nós sabemos que:
A coisa mais importante na vida vai além de vencer por nós mesmos.
A coisa mais importante nesta vida é ajudar os outros a vencer, ainda que comporte relentar e mudar a nossa corrida. Mudar o nosso coração e aquele dos outros...
"Uma vela nada tem a perder acendendo outra vela"
Então, o que fazes envias ou apagas? ! ? »


TEXTO QUE CIRCULA NA INTERNET, DE AUTOR/A DESCOMNHECIDO/A

3 comentários:

Lana disse...

hehe já conhecia mas é uma história mt gira.. :) bigada pelos coments..(agora tens la as respostas todas hehe) :P jinho **

TMara disse...

LANA (:))Discordo qnd dizes: «é uma história...» Pq me parece + do k isso. É uma forma de olhar a vida. Podemos dizer: uma filosofia de vida, p/ ser utilizada no dia a dia.
Ora analisa lá...! Bjs :)

Anónimo disse...

Best regards from NY!
» » »