01 fevereiro 2005

A demanda


A demanda

Preciso de ser abraçada
com força
para poder desfazer
todas as minhas mágoas.

Chorar até
a alma se rasgar
deixando sair toda a dor
que me está a matar

...... e ter esse alguém
a apertar-me
para não deixar fugir
nenhum pedacinho
e permitir remendar-me.

Por: Lexis, in «http://nolimbo.blogspot.com»
TMara





7 comentários:

Lana disse...

hummm n sei se ja tinhas posto esse poema em algum lado...mas eu vi a 1º quadra escrita algures noutro blog...depois se encontrar digo-te...**** besu linda :)

TMara disse...

Lana :) desatenta - diz lá k o poema é de LEXIS e inclsive escrevi o endereço do blog .Thanks for the visit. You are ost wellcome. Bisous ;)

Blue C. disse...

TMara, nem imaginas como este poema me toca... O P. esteve aqui hoje em casa. A perguntar se podia ter esperança. Eu disse que não. Sinto-me bem com a pessoa que estou a descobrir em mim. Mas há sp aquele ligeiro medo de me vir a arrepender. Não é mto forte, mas está cá. Para me faltar o tal abraço... Bem, passei só para deixar uma beijoca.

TMara disse...

Blue :) esse teu medo provavelmente tem muito(p/ n/ dizer: tudo!) de cultural, adquirido no leite materno, no berço e ao longo da vida na divisão de papeis, comportamentos e atitdes entre géneros. Na vida há uma coisa (há outras, ms qnt a esta matéria das decisões/opções)k temos k ter presente: nunca tomar uma decisão sem serbem reflectida, procurando os motivos, os porquês. Depois, desculpa a vulgaridade: " Não chorar sobre lete derramado" e..seguir em frente.Isto é: nunca nos arrependermos de uma opção pois não há opções más e nunca sabes o k seria, como seria, se tivesse sido outra. Está tomada, tomada está.Foi em consciência k a tomamos? Então pra frente ék é caminho. Deus é pai! Bjs e ;)
Ah, o poema é daminha filhota + nova, da "Caçula" como a Ana pos no blog dela. Bjs e ;) e...muita luz, k ela está aí

TMara disse...

Blue :) esse teu medo provavelmente tem muito(p/ n/ dizer: tudo!) de cultural, adquirido no leite materno, no berço e ao longo da vida na divisão de papeis, comportamentos e atitdes entre géneros. Na vida há uma coisa (há outras, ms qnt a esta matéria das decisões/opções)k temos k ter presente: nunca tomar uma decisão sem serbem reflectida, procurando os motivos, os porquês. Depois, desculpa a vulgaridade: " Não chorar sobre lete derramado" e..seguir em frente.Isto é: nunca nos arrependermos de uma opção pois não há opções más e nunca sabes o k seria, como seria, se tivesse sido outra. Está tomada, tomada está.Foi em consciência k a tomamos? Então pra frente ék é caminho. Deus é pai! Bjs e ;)
Ah, o poema é daminha filhota + nova, da "Caçula" como a Ana pos no blog dela. Bjs e ;) e...muita luz, k ela está aí

Lana disse...

xxiiiii pois dix :|
olha k eu olhei olhei e n vi nada :|
enfim... loool jinhos ****

TMara disse...

Lanita ;) andas a correr demais. Ainda n/ comecei o aprendizado (pelo site k enviaste) pois a instalação de novo antivírus pos-me o PC de pantanas. Só hoje, depois da meia-noite ficou, de novo, operacional.Depois conto ou...vês,in locco!
Bjs e :)