11 fevereiro 2005

QUASE


HelixNebula

QUASE


Um pouco mais de sol e eu era brasa
Um pouco mais e azul e eu era além
Para alcançar faltou-me um golpe de asa,
Se ao menos eu permanecesse aquém....

Assombro ou paz? Em vão, tudo esvaído
Num baixo mar enganador de espuma
E o grande sonho a desfazer-se em bruma,
O grande sonho, ó dor, quase vivido.

Quase vivido, sim. Quase o excesso e a chama,
O delírio final, quase a expansão,
Mas na minha alma tudo se derrama,
Entanto nada foi só ilusão.

De tudo houve um princípio e tudo errou.
Oh a dor de ser quase, dor sem fim.
Eu falhei entre os mais, falhei em mim,
Esse que se enlaçou, mas não voou.

Num ímpeto difuso de quebranto,
Tudo enlacei e nada possuí,
Hoje, de mim, só resta o desencanto
Das coisas que beijei, mas não vivi.

Um pouco mas de sol e eu fora brasa,
Um pouco mais de azul e eu fora além
Para alcançar faltou-me um golpe de asa,
Se ao menos eu permanecesse aquém.....

Mário de Sá-Carneiro


N.B - a vós outras/os que sabeis colocar música nos blogs. Uma alma generosa que coloque este poema cantado (já não lembro por quem, mas sei que vai valer a pena). Desde já o meu muito obrigada.

8 comentários:

FataMorgana disse...

Adoro este poema, este poeta! Muito, mesmo.
Nunca o ouvi cantado! :)
Obrigada pela tua visita. Já estou um bocado melhor, mas não estou boa. Agora que vim até aqui fazer umas visitas, gelei, vou a correr para a cama outra vez! Beijinhos ;)

Anónimo disse...

Lindo, o poema. O que não é de admirar, claro. Quanto à versão cantada...sou muito curiosa e vou já ver se a descubro. beijinhos e bom fds :)*
Cinda

Anónimo disse...

No Google só encontrei isto:
www.lelivreaudio.com/store/product_info.php?products_id=81
É um audio livro Fados e Guitarras e podes ouvir um excerto do "Quase" em versão fado, voz feminina (talvez a Cristina Rosal, referida no texto. beijinhos
Cinda

hfm disse...

Um dos mais belos poemas da nossa poesia!

Menina_marota disse...

Ler Mário de Sá-Carneiro é sempre um privilégio...
Gostei muito da escolha...
Jinho e bom fim de semana...:-)

TMara disse...

Cinda :9 obrigada pela visita e pela pesquisa. Não consigo lembrar. havia em LP, seria a Terresa tarouca? Foi uma das 1ºs fadistas a cantar poetas (fora do círculo das canções). Mas já sabe bem ouvir aquele bocadinho. O poema é....UM POEMA. Bjs e >:))*

TMara disse...

hmf - é pois. Concordamos:)Bjs e :) :) :) :) p/ enfeitares as janelas da vida (As esquinas tmb)

TMara disse...

menina_marota, k bom k vieste ler o poema no jardim desta minha casa.Bjs e :) :) :) :) :) ** para enfeitaresa as janelas da vida