25 setembro 2005

Crónicas Datadas V

CRÓNICAS DATADAS V


NO CINTILAR DOS DIAS (2001.01.11)

.”

“Para uma alteração da situação das mulheres

Será necessária uma fundamental mudança

no discurso do saber- Ciência, Arte., Literatura

que constitua este num universo realmente humano,

em substituição do actual universo falsamente neutro ““.

In, BARRENO, M. Isabel, 1985, INSTITUTO DE

ESTUDOS PARA O DESENVOLVIMENTO,(contracapa)

Uma elementar conta de subtrair mostra-nos o nº de anos que medeia entre o estudo supracitado e o momento actual. Nada mais, nada menos, do que 15 anos e....

A pesquisa a que recorro, na citação, à laia de introdução, centrou-se num estudo ”...a partir da observação da vida escolar....e da análise de orientações pedagógicas e curriculares....,sobre as práticas e as atitudes mentais que obstam à consideração da diferença na igualdade entre sexos.(...) Fugindo,...,à explicitação das discriminações interiorizadas, quer nos indivíduos quer nos sistemas, ....sustentada pela hierarquização de papeis e funções sociais,...o sistema educativo não deixa de alimentar ...resistências à mudança (...)”.

Hoje vou continuar , por enquanto, a fazer citações. A fonte é agora:o SuplementoTerra do NUNCA, ano 3,Nº 202,ANEDOTAS,(p,9):

1. “Como se pode divertir uma loira* durante horas?Escreve “ vire por favor” nos dois lados de uma folha de papel e dá-lho”.

2. “ Um alentejano foi a um concurso na televisão e o apresentador diz-lhe:

- De certeza que você sabe esta! Como se chamam os habitantes de Évora?

Após alguns momentos de reflexão, o alentejano responde:

- Todos, todos, nã sei....

O conteúdo fala por si. A fortíssima carga de preconceitos e estereótipos é tão primária e clara que não vou debruçar-me a explicitá-la porque seria uma ofensa aos que me lerem.

Tratando-se de duas instâncias diferentes,no caso da pesquisa levada a cabo por BARRENO, a instância educativa escola com todo o peso das “...orientações pedagógicas e curriculares emanadas dos órgãos politicamente responsáveis pela educação(...)” Lembremos tão somente que na nossa sociedade a escola, ( o sistema educativo) é considerada/o a 2ª instância socializadora, logo após a família e, mais, juntamente come esta.

A outra instância, que me levou hoje, com mágoa, a estas reflexões, não faz parte do sistema educativo, é uma instância privada – a comunicação social . Qual será a influência e a importância pedagógica da informação veiculada?

Informa? Forma? Que modelos reproduz? Que mentalidades ajuda a formar? Qual é ou deve ser a sua responsabilidade, no geral, e, mais especificamente, no caso concreto de um suplemento destinado ao público infanto-juvenil?

Apregoamos o respeito pelo outro, quaisquer que sejam as suas diferenças... Lembro-me de ler, no J.N., artigos, e alguns bem interessantes, sobre esta temática.

Mas serão os artigos que vão formar, ou quem os lê já tem, no mínimo, uma sensibilidade, apetência e conhecimento que o/a leva a fazer a ruptura com estes estereótipos e preconceitos que, de tão comuns, se infiltram nas práticas quotidianas, estruturando-se em padrões de leitura ao nível do senso comum, tantas vazes tido como “ bom senso, porque... sempre foi assim” e mantém, na sociedade, discriminações, marginalidades e exclusões que, em nome de uma sociedade democrática ( com tudo o que o conceito de democracia deve implicar), estou segura, a larga maioria de nós gostaria de ver eliminadas ?!

Não teremos que repensar a hierarquia das várias instâncias socializadoras e obviamente exigir-lhes,, com frontalidade e sem cedências, a assumpção pedagógica, à luz do respeito pelos outros e da ética, (sendo que os media estão presentes ao longo de toda a nossa existência), que ultrapassem o imediatismo do “ politicamente correcto” demarcado no tempo e na acção ?

NOTA.: O* E O SUBLINHADO SÃO DE MINHA RESPONSABILIDADE
Se quiserem passem por AQUI


7 comentários:

Å®t_Øf_£övë disse...

TMara,
Passei para te ler e deixar um beijinho de bom domingo.

mfc disse...

Há muito a fazer nesse campo.Os estereótipos e os clichés estão entranhados na sociedade e não representam apenas graçolas passageiras!

A.J.Faria disse...

Tmara!
Todos nós temos que ter muito cuidado com o que dizemos, esrevemos ou fazemos, porque de uma forma directa ou indirecta poderemos estar a formar ou a deformar pessoas com a nossa maneira de proceder.
Não te esqueças de ir aparecendo!
Beijinho grande,

Micas disse...

Vim por a leitura em dia. Nos últimos dias não tenho feito as minhas visitas regulares, estou a atravessar uma fase menos boa e não tenho disposição para nada, mas tudo se hade recompor. Beijo grande

meialua disse...

Olá vim ler-te e desejar uma boa semana.*

negação do óbvio squad disse...

tens de ver o k se passa com o blog...leva mto tempo a abrir...msm mto....de resto continua tão bom como sempre...ou melhor....obrigado pela visita

Anónimo disse...

This is very interesting site...
Mini propecia Y drop yellow gold necklace does wellbutrin make you gain weight management training video Amateur asian private Levitra ups online teeth whitening chart Engine mitsubishi oil pajero tooth+whitening+seattle