19 março 2005

A mulher esconde-se na sombra


(Girl with Tambourine, by Burne-Jones)

A mulher esconde-se na sombra

A mulher, sentada na esplanada à beira do rio, esconde-se na sombra do chapéu e dos óculos de sol.
O sol, ainda nascente, bate-lhe nas costas, enquanto o rosto se encontra virado para as águas do rio. Não saberemos dizer se as observa, dado que as lentes, escuras e vidradas, não permitem o mais pequeno vislumbre dos seus olhos.
É observada, mas nem repara.
Isso não lhe importa. Está mergulhada em pensamentos. Nos pensamentos de toda uma vida. A sua.
Sabe que entrou no que designam por recta descendente, passados os sessenta há muito, e a fazer setenta.
Viveu bem. Pelo menos foi razoavelmente feliz e preenchida sem grandes crises existenciais como aconteceu com algumas conhecidas suas.
Só agora se detém a olhar a vida vivida, a pensar nela e sobre ela. A procurar os porquês, os grandes objectivos. E tudo isto porque de súbito acordou com uma estranha sensação, nunca pressentida, tão pouco anunciada de não saber muito bem como vivera, de que vivera meio dormente, que a existência que levara fora entorpecida. Mas entorpecida porquê? De onde lhe veio, sem anúncio, esta estranha sensação que a pôs a questionar-se, a questionar tudo?
Sabe que foi menina e moça, mas não lembra realmente essa existência, que todos sabemos ser determinante para nos moldar enquanto seres humanos. A existência que a moldou, que a levou a fazer as escolhas que fez, a seguir os rumos que seguiu, os sonhos que viveu e os que protelou. Sempre por decisão sua. Disso vivera convicta até há dois dias atrás quando ao acordar tudo era dúvida, questão, interrogação na sua mente.

(continua...)

10 comentários:

Lana disse...

Hoje apeteceu-me vir e ficar aki sossegadinha sentadinha no teu cantinho... :)
É calminho...vou ficar por aki...se adormecer...acorda-me :P **** besu...e mt chuva pa ti tb :P com mts mts coisas boas :)
bigada pelo comment ^_^

Daniel Aladiah disse...

Querida TMara
Temos um mistério... ainda por cima começado há dois dias, vamos ver o que a nossa existência ainda nos reserva...
Um beijo
Daniel

TMara disse...

Lania :) k bom miminho:) se estás bemfico contente. Para mim foi um carinho dizeres-mo.Espero k tena valido a pena. Havia sol, a brisa era suave e perfumada, a chuva caía forte e ensolarada. Comemos biscoitos de erva doce e de gengibre. Gostei mtº de te ter por cá tanto tempo, em visita.Bom f.s., muita chuva eoutras coisas boas. Bjs e ,)

TMara disse...

daniel aladiah :) mistério n/ sei se será. Só na medida em k as vidas incógnitas de tantas mulheres são misteriosas no seu fazer e amar. Bom f.s. com mtª chuva e outras coisas boas. Bjs e ,)

Marco António disse...

A sombra como procura de um tempo perdido do futuro no passado que é do presente.

Dora disse...

É a primeira vez que venho a este blog e gostei do que vi. Estou particularmente atenta à vida dessa mulher que recentemente parece ter vivido uma revelação...
Continuação de bom fim de semana :-)

TMara disse...

Pois é Marco António - o tempo é uno. Nós é k necessitamos de o arrumar cronológicamente, em antes e depois, em passado, presente e futuro. Bom domingo, muita chuva e outras coisas boas + Bjs e ;)

TMara disse...

Dora :) fui à tua casa. Deixei lá uma msg. Bom domingo, c/ mtª chuva e outras coisas boas +. Bjs e ;)

Laura Antunes disse...

Gostei muito...Abraço Laura

TMara disse...

laura antunes :) obrigada pela viista. Boa semana. Bjs e ;)