30 janeiro 2007

chamemos-lhes...curiosidades



1. Em 24 se Setembro passado, rapaz de 4 anos matou 443 frangos, em povoado de Jiangsu (província no Leste da China), usando a voz.

O rapaz que acompanhava o pai na distribuição de gás assustou-se – pelos vistos muito – com o ladrar dos cães. De tal forma foi o susto que a criança gritou e gritou a plenos pulmões.

Resultado: em pânico os frangos corriam doidos e esmagaram-se uns aos outros.

O tribunal condenou o pai a indemnizar o criador de aves por considerar não ter acontecido nada de diferente para além dos gritos da criança. (notícia no JN: 30.01.2007:60)


2. Esta é portuguesa. Uma professora, com três décadas de ensino na Escola do 1º Ciclo de Almedina – Coimbra, colocou ao peito de alguns alunos um dístico com os seguintes dizeres:
«Sou agressivo, não tenho direito de brincar. Estou de castigo.»

E assim os alunos tinham que se passear na escola e recreio.

A justificação dada pela coordenadora da escola para este acto anti pedagógico (digo eu) foi:

«Esgotaram-se todas as metodologias possíveis»


Aguardam-se os vossos comentários

8 comentários:

agua_quente disse...

A criança devia ter uma voz super potente. É certo que os frangos são animais assustadiços, mas ainda assim... :)
Quanto ao segundo caso, parece-me anti-pedagógico. Mas....
Beijos

Manel do Montado disse...

Que tal torná-lo cantor de ópera?
Quanto à professora não sei se o método é o correcto ou não, mas na minha geração era assim e não havia faltas de respeito como hoje há.
Bj

peciscas disse...

A esta hora, já um portuga esperto dono de um aviário, contratou o puto pois assim, de uma penada, dispensa uma série de pessoal.
Quanto ao caso da professora, é claro que cometeu um diaparate. Mas, eu que andei por lá até há bem pouco tempo, sei que a classe está a atingir os limites do desespero perante a onda de indisciplina que grassa nas escolas, em grande parte fruto do desprestígio e degradação da imagem social, que tem recaído sobre a função docente.

Teresa David disse...

A história dos frangos é bem bizarra! Quanto á professora, com a rebeldia que as criancinhas cada vez mais aparentam, pois em vez de estarem mais civilizadas cada vez mais os professores não sabem o que fazer com elas, embora não concorde com o método aplicado, acho que terá sido fruto do desespero de não saber já mais nenhuma formula para controlar os diabinhos. Dantes davam-se reguadas, que ainda as sinto nas mãos dadas por uma professora de instrução primária e não morri por isso!
Não concordo com este regime de impunidade de não se poderem castigar as crianças, que só dá em adolescentes desregrados, e infelizmente em casa mts tb não têm ninguém que os consiga disciplinar!
Bjs
TD

Amaral disse...

Com 4 anitos, o chinezito não tem culpa dos seus dotes artísticos. Os frangos é que não estavam habituados a ouvir boas vozes!
Agora, calculo o chinoca na Escola de Almedina... Qual seria o cartaz que a professora lhe poria ao peito?...

Carmem L Vilanova disse...

Chamemos sim, curiosidades... é sempre bom conhece-las, assim pode-se saber que coisas, consideradas impossíveis, podem acontecer a qualquer momento, em qualquer lugar...
Beijos, minha querida!

João disse...

Sei de quem use ainda as orelhas de burro...
Um beijo
Daniel

foreveryoung disse...

Relativamente ao rapaz, coitado, já nem dá pra se gritar de susto!...
Quando ao caso da professora e os alunos, não concordo com esse método!
Bjs