31 agosto 2006

O estado português e os cidadãos

....assim vamos.
Aparentemente tranquilos e pacíficos....
Escoando,escoando sempre...ATÉ????

8 comentários:

Reporter disse...

Já andamos nessa fase há muito tempo. Só que a corrente ainda nos mantém afastados do abismo.
Bj.

Teresa David disse...

até ao vazio total, pq de outros já estamos cheios, tais como, o vazio de ideias, de solidariedades, de dinheiro etc.
Bjs
TD

Amaral disse...

Redondo, como todos os buracos (será assim um buraco negro?...), cada vez com maior poder de sucção, pronto a acolher tudo aquilo que dele se aproxima....
Na tranquilidade da paisagem, a beleza faz parte do momento. O estado e os cidadãos são, apenas, o que eles pretendem que seja... ou, talvez, não tanto...

gato_escaldado disse...

um buraco negro. de facto!...

woman's secret disse...

até não termos mais nada para escoar...
Beijos

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Deixo um beijo e desejo de bom fim de semana.

Bosco Sobreira disse...

Sou irmão do Francisco Sobreira. Talvez valha para uma mínima apresentação. Gostaria de contar com sua visita em minha página:
http://bsobreira.blogspot.com/
Muito obrigado,
Bosco Sobreira
P.S. Gostei muito de seu Blog!

Anónimo disse...

a memória é uma tarde qualquer
um deus qualquer que te visita
a fruta pressentida pelo desejo

um corpo nu estendido ao sol
um equilibrio dificil
uma sombra
um inicio

por fim
escore para dentro de ti
e não podes fazer nada.