18 maio 2006

ESTA FOME


É fome! Fiquei a pensar na palavra.

***

Esta fome de correr o mundo.

Esta fome de deliciar os olhos

com os espaços,

as florestas, os desertos,

os mares, as montanhas...

.................................... .a vida.

Esta fome de correr e preencher

o vazio anulando-o

definitiva e inelutávelmente.

****

Esta fome de absorver tudo e todos.

Esta necessidade de viver

num vórtice que me leva a encantar-me

e que torna azuis como o céu

os meus olhos negros.
****

Esta fome que arrasto e acaba

arrastando-me a espaços insondáveis

da mente e da alma...

*****

esta fome insaciada

esta fome insaciável

................................sou eu.

20 comentários:

natércia disse...

ainda assim, ficamo-nos pela leveza; fome é palavra tão pesada.

Raquel V. disse...

"Esta fome de correr e preencher
o vazio anulando-o
definitiva e inelutávelmente."

Como muito bem a diferenciaste... é o que mais desejo, creio que é desejo profundo de toda a gente.
Detesto o vazio. Detesto.

Beijo grande

Marco Aurélio disse...

Tmara

A prostituição infantil é um problema que choca muito mais que a fome, mas nem por isso podemos esquecer que grande parte de nossas crianças estão abaixo da linha de pobreza e aliás, esse é um dos motivos dessa exploração sexual infantil. Viu os dados Da PNAD de 2004?

Um abraço

Marco Aurélio

Guilherme F. disse...

Tmara, todos somos aprendizes;todos somos meros aprendizes na vida (no Espírito)! Procuramos pequenos instantes, instantes Epifânicos que nos devolvam algumas respostas; algumas (tão poucas) que só nos trazem mais perguntas...
Gostei das tuas palavras. Bjs

maresia_mar disse...

Olá Tmara,
na vida, cada minuto é uma constante luta, de esperança, de acreditar numa amanhã melhor. São tantas as atrocidades neste momento que a gente até fica confusa. Gostei do teu post, a fome é um flagelo no mundo, mas há muitas outras formas de fome; uma delas é a fome de vivermos tudo demasiadamente depressa. Bjhs e bom fds

Lumife disse...

Quanta fome, meu Deus!
Ainda tens todo o tempo do mundo para te saciar.

Bom fim de semana.

beijos

tb disse...

Sim amiga, saceia a tua fome de tudo isso, mas saboreando cada minuto, sem pressas.
Beijinhos e bom fim de semana

zezinhomota disse...

Isso quer dizer viver, é amar a vida para a viver.
Bonito tudo o que escreve.
Bom fim de semana
seja feliz
bjnhs
ZezinhoMota

Adryka disse...

TAmara tá lindo e bem conseguido o teu poema adorei.Quero avisar-te que no Crepúsculo existe um novo membro ( O Fernando do Fraternidades) espero que seja do teu agrado as crónicas dele. Beijinhos e bom fim de semana

Francisco Sobreira disse...

Querida Amiga: Teu poema fala por todos nós, famintos de tanta coisa. Agora, por falar em fome. Dados recentes do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) revelam números impressionantes da fome no coitado deste país. Há um Estado em que ela atinge 69% da população. E o presidente, durante a campanha, PROMETEU, um milhão de vezes, acabar com ela. Criou um tal de FOME ZERO, que acabou sendo um ZERO em eficácia. Tudo palavras, palavras, palavras. Um beijo afetuoso e um ótimo fim de semana.

Dra.Daniela Mann disse...

Gostei!
Beijinhos da Dani

menina graça disse...

Fome de vida, amiga! Que bom é, quando ela se faz sentir em nós! :)

GNM disse...

Tmara!


Esta noite
faço-te um convite:
No dia 16 de Junho, Sexta-feira,
às 21 horas, vou lançar o livro
NADA EM 53 VEZES na Fnac
do Cascais Shopping.
Gostaria muito que
estivesses presente
nesse lançamento.

Passa um excelente fim de
semana!

Miriam5 disse...

Também tenho fome, fome de tudo, de mim, dos outros de lugares. É esta fome que me faz levantar todas as manhãs:-)
Um beijinho

AS disse...

Tmara há na verdade tantas coisas ainda por saciar!...

Um beijo e Bom fim de semana

Alex Flôr Negra disse...

Fome...
Um tema que nos afecta a todos...
Algo que nos faz pensar...
Fome da vida...
Fome de amor...
Fome de comida...
Fome tráz dor...
Fome de paz...
Fome de sonhos...
Fome audaz por momentos risonhos...
Fome...
Muita fome...
(obrigada pela visita à "luz do sol pintada na tela mais velha")
Muito bom este blog(voltarei mais vezes)*

mixtu disse...

sou eu (és tu)
necessidade de viver, quem tem essa necessidade tem fome... é bom ter fome, :)
besitos

Manel do Montado disse...

Forte e sentido, atirado cá para fora com ganas e raiva surda.
Excelente uso das palavras, quais gritos de esperança por uma igualdade e por sentimentos genuínos.
Gostei, a valer mesmo e vou guardá-lo por que é lindo e porque mexeu comigo.
Beijo Tmara, por tudo o que és.

Friedrich disse...

A fome ou a ânsia de saciar o apetite da degustação, dos olhos, porque eles também comem… Intenso!

Beijos

batista filho disse...

Clap, clap, clap!
(puro encanto)